LIVE AGROtic – REALIZADA DE 14 A 18 DE SETEMBRO DE 2020
AS TECNOLOGIAS PARA A PRODUTIVIDADE E A CONECTIVIDADE NO CAMPO

Debater o papel das tecnologias de Informação e Comunicação na gestão das propriedades rurais, no aumento da produtividade das culturas, na melhoria da comunicação e da gestão dos dados, no fomento de empresas de TICs interessadas em desenvolver produtos e processos para esse mercado.

Produtores rurais que querem adotar tecnologias (ou já as adotam) para melhorar a produtividade de suas propriedades, profissionais de TICs que trabalham para fazendas e usinas, indústrias de TICs, especialistas envolvidos com a automação do agronegócio, start ups que estão desenvolvendo projetos e produtos para este mercado, estudantes de pós graduação que querem conhecer mais sobre tecnologias de TICs associadas ao agronegócio; professores, especialistas e investidores que querem participar de debates, transmitir conhecimento e participar de network com a indústria de produtos e serviços, onde se incluem as operadoras de telecom.

O Relatório Exclusivo Tele.Síntese Campo Digital traz um extenso e aprofundado relato sobre o avanço das Tecnologias da Informação e Comunicação no agrobusiness brasileiro e sobre as iniciativas inovadoras da agricultura e pecuária implementadas no País. Aborda o que está sendo feito no campo e nas empresas que apontam para inovação, ganho de produtividade, agricultura de precisão, irrigação avançada, compartilhamento de dados, integração tecnológica gerenciamento e segurança das informações.

SEMINÁRIO | BLOCOS TEMÁTICOS

Quais são as soluções possíveis em redes móveis e via satélite? O que usar em cada situação? Quais as vantagens de cada tecnologia e das diferentes faixas de frequência, inclusive as não licenciadas? As respostas estarão neste bloco temático, com apresentação de cases de conectividade já implementados e com a participação de fornecedor, produtor, operadoras e parceiros em cada caso.

O bloco temático mostrará os avanços na pesquisa e no debate acadêmico, expondo o estado da arte nesse campo e seu papel na modernização da atividade produtiva. Quais os desafios a serem vencidos, tanto de ordem cultural como tecnológica? Serão apresentados casos de sucesso em agricultura de precisão aplicada a duas culturas diferentes e à pecuária, com a participação de fornecedores e produtores.

Entender o clima é metade do negócio, dizem os homens do campo. Essenciais para definir o sucesso ou o fracasso de uma cultura —café, arroz, cana-de-açúcar ou mesmo a semeadura de um pasto— e de seu desenvolvimento, as condições climáticas são uma espada sobre a cabeça do agricultor. É melhor saber como ler o clima, se haverá seca, chuvas ou tempestades, ventos fortes ou fracos.

Planilhas já não bastam. O agricultor precisa de programas específicos de software para acompanhar a gestão do processo de seu negócio. É possível ter informações online da entrada do insumo à saída do produto para venda e sua comercialização. Que soluções existem no mercado? Quais as mais completas, para grandes empreendimentos, e quais podem ser modeladas para quem é pequeno?

PROGRAMAÇÃO | LIVES | CLIPPING DE NOTÍCIAS

9h30 | 11h – PRIMEIRA LIVE

A inovação e os desafios globais da agropecuária

A agropecuária brasileira vive um momento de constante busca de produtividade, com necessidade de redução de custos médios de produção, desafios climáticos a serem enfrentados e o imperativo de se manter competitiva internacionalmente. Isso em um momento que dois grandes blocos EUA X China se contrapõe no cenário mundial. Como as inovações tecnológicas podem ajudar a alcançar essas metas?

Convidados

Cleber Oliveira | Diretor de Inovação do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento
João Roberto Spotti Lopes | Vice-diretor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP)
Matheus Ferreira | Coordenador de Inovação do Senar

Moderador
Sérgio Barbosa | Gerente Executivo da EsalqTec


14h15 | 16h15 – SEGUNDA LIVE

Avançam as soluções da Conectividade Terrestre

A conectividade é frequentemente relacionada como o principal obstáculo para o avanço da agricultura digital. As operadoras têm investido fortemente nessa área e tentam chegar ao fazendeiro com recursos dentro do espectro que possuem. Muitas vezes elas estão avançando também no campo de soluções e serviços. Qual o estágio que se encontram e como podem evoluir?

Convidados

Alexandre Dal Forno | Head de Marketing Corporativo & IoT da TIM Brasil
Diego Aguiar
| Head de IoT, Big Data e Inovações B2B da Vivo
Eduardo Polidoro | Diretor de Negócios de IoT da Claro
Paulo Bernardocki | Diretor de Soluções e Tecnologia para a Ericsson Latam South

Moderadora
Wanise Ferreira | Jornalista

16h25 | 16h55 – Palestra Exclusiva
Tiago Fontes
| Strategic Marketing Manager da Huawei Brasil
– 5G Smart Agriculture The future of farming technology


CLIPPING DE NOTÍCIAS

O presente e o futuro do agro serão suportados pelas TICs, diz Mapa
Capacitação de profissionais para o processo de transformação digital no campo preocupa executivos

TIM: conexão no campo tem de ir além da porteira
Para executivo da operadora, crescimento da conectividade rural será baseado nos 700 MHz graças aos ganhos de escala obtidos com oferta de serviço compatível com o celular, e que aplicações em 250 MHz são muito restritas

Para a Vivo, uso do FUST na rede móvel pode acelerar digitalização do campo
Executivo da operadora defende manutenção do FUST e nova destinação. Afirmou ainda que satélites LEO são ainda uma incógnita quanto à viabilidade.

Para a Ericsson, tecnologia terrestre ganha na mobilidade e custo para uso no campo
Falta de mobilidade e custo deixam uso da tecnologia satelital em desvantagem à tecnologia terrestre, avalia Paulo Bernardocki, da Ericsson.

Huawei mostra benefícios do 5G para o campo
“A agricultura de precisão vai ganhar mais ferramentas, que reduzirão custos e aumentarão a produtividade”, diz diretor da fabricante

Médios e pequenos produtores rurais no foco da Claro
Para Eduardo Polidoro, diretor de Negócios de IoT da operadora, as cooperativas têm papel fundamental para a adoção de novas tecnologias pelos pequenos produtores.

9h30 | 11h – TERCEIRA LIVE

Qual o perfil do agricultor digital atual?

Além dos grandes grupos que têm direcionamento estratégico para investimentos em inovação, no campo há agricultores que usam diariamente a tecnologia em níveis variados. Pesquisa da McKinsey mostra, por exemplo, que o futuro da agricultura tem um componente digital muito forte. E há os que apostam que esse comportamento se intensificará após a pandemia do coronavírus. Abordaremos também a Ateg Assistência Técnica e Gerencial, metodologia própria do Senar

Convidados

Fabio Salvaia | Especialista em Agricultura de Precisão da Coplacana
Joaci Medeiros | Coordenador Técnico do Instituto CNA (baixar apresentação)
José Rodrigues da Costa Neto | Analista de Infraestrutura da Coopavel

Moderador
Otavio Celidonio | Coordenador do Agrihub Space

11h20 | 11h50 – Palestra Exclusiva
Alexandre Dal Forno | Head de Marketing Corporativo & IoT da TIM Brasil
– Estratégia da TIM no Agronegócio

11h50 | 12h20 – Palestra Exclusiva
Valéria Duarte | Gerente de Produtos de Satélites da Embratel
– Os benefícios da tecnologia satelital para o agronegócio e as inovações.


14h15 | 15h45 – QUARTA LIVE

A Conectividade Rural Via Satélite

O satélite é um forte aliado do agricultor brasileiro, pois pode implementar rapidamente conexão de banda larga em áreas onde não há ainda qualquer outra rede de telecomunicações. Há uma miríade de opções satelitais brasileiras, com diferentes modelos de negócios para atender às áreas rurais. Novas tecnologias, novas constelações, alternativas geoestacionárias, de órbita média ou de órbita baixa.

Convidados

Bruno Henriques | Diretor Comercial da Viasat no Brasil
George Bem | CEO da InternetSat
Joeval Martins | Gerente de Novos Negócios Latam da Hispamar

Moderador
Luiz Francisco Perrone | Ex-Conselheiro da Anatel

16h | 16h30 – Palestra Exclusiva
Diego Aguiar |
Head de IoT, Big Data e Inovações B2B da Vivo
– Soluções IoT da Vivo Empresas para contribuir na transformação digital do campo


CLIPPING DE NOTÍCIAS

Geração Z transformará a agricultura digital, diz Coplacana
A geração com menos de 23 anos, nativa digital, já começa a influenciar na implementação de novas tecnologias no agrobusiness, disse Fábio Salvaia, da Coplacana, no AGROTic 2020.

Mais de 60% dos produtores rurais acessam a internet para gestão da propriedade, apura pesquisa
Segundo Joaci Medeiros, da CNA, o país tem no, entanto, 195,7 milhões de hectares – ou equivalente à área de sete países da Europa – totalmente “off line”, ou desconectada.

Vivo já oferece serviços para além da conexão no campo
A operadora acaba de lançar dois produtos para serem usados pelo agricultor nas redes 4G: um para o monitoramento do clima e outro para ser usado em tratores.

Viasat amplia presença no país e chega também ao pequeno agricultor
Com ao lançamento de hoje, 15, a operadora chega a 21 estados e Distrito Federal. Segundo o diretor comercial, Bruno Henriques, de cada 10 clientes que a empresa conquista, nove estão localizados em cidades com menos de 150 mil habitantes.

Banda larga via satélite não sofre com a chuva, como a TV, afirmam especialistas
Debatedores no Agrotic sobre conectividade na zona rural desconstroem a ideia de que esses serviços ficam instáveis durante chuvas.

Lançamento do satélite Star One D2 será em 2021, anuncia a Embratel
Para a gerente Valéria Duarte, novo equipamento vai complementar a cobertura dos serviços para atender os produtores interessados em colocar seus negócios na era digital

9h30 | 11h – QUINTA LIVE

Agricultura 4.0: aplicações e transformação digital

As aplicações da tecnologia no campo são tão diversas quanto o universo agro, que convive com biomas diferentes, áreas territoriais extensas, vários tipos de solo e oscilações climáticas. Para explorar melhor esse mundo de apps e soluções para o agro, empresas do agro investiram em um processo de transformação digital. O que é possível alcançar com isso, quais as aplicações possíveis e quais os resultados obtidos?

Convidados
André Koji Fukugauti | Gerente de Projeto da área de inovação aberta da Divisão Agrícola da Bayer na América Latina.
Fábio Marques | Gerente de Novos Negócios da CCAB Agro & Bioline Latam
Joel Soares Alves da Silva | Diretor de Operações da Jalles Machado

Moderador
Uriel Rotta | Sócio Gestor da Stracta Consultoria e WBGI

11h15-11h35 – Talk Show
 – A importância de se debater tecnologia e conectividade no Agronegócio
Vinícius Fiori, Customer Marketing Manager, conversa com Paulo Bernardocki, Diretor de Soluções e Tecnologia para a Ericsson LATAM South

11h45 | 13h15 – SEXTA LIVE

A expansão da banda larga para o campo com os ISPs

Basilio Perez | Conselheiro da Abrint
Bruno Zitnick | Government & Public Affairs da Huawei Brasil
Erich Matos Rodrigues | CEO da Interjato

Moderadora
Wanise Ferreira | Jornalista


14h15 | 16h30 – SÉTIMA LIVE

A Conectividade Rural e novas Abordagens

Nesta Mesa, vamos debater diferentes alternativas para levar a banda larga de qualidade para a área rural. A Anatel estuda a ocupação de Whitespaces. As operadoras competitivas desenvolvem novos modelos de negócios, e empresas desenvolvem outras alternativas tecnológicas, como redes privadas e de banda estreita.

Convidados
José Roberto Nogueira | CEO da Brisanet
Moisés Moreira | Conselheiro da Anatel
Paulo Cabestré | Presidente da Trópico
Renato Bueno | Diretor de Novos Negócios da Nokia no Brasil (ConectarAGRO)

Moderador
Wanise Ferreira | Jornalista


CLIPPING DE NOTÍCIAS

ISPs podem atender melhor ao agronegócio, defende CEO da Interjato
Erich Rodrigues entende também que as redes neutras podem ampliar a atuação dos provedores regionais

Primeiro passo para a 5G é implantar a 4G no campo, diz Ericsson
Na avaliação de Paulo Bernardocki, diretor de Soluções e Tecnologia para a Ericsson Latam South, a conexão é o primeiro passo para a transformação digital da agropecuária brasileira, seguida pela automação dos métodos de trabalho e novo do modelo de negócios que virá com a 5G.

ConectarAgro: conectividade no campo precisa de espectro em caráter primário
Para a associação, não apenas as máquinas precisam de conectividade para incremento da produção, mas também o uso humano do celular aumenta a eficiência das fazendas

Abrint diz que fatiamento da faixa do WiFi 6E atrasará a conectividade
Basílio Perez afirma que o espectro não licenciado pode ser destinado no futuro para atender necessidades do agronegócio, para serviços outdoor, como ocorreu recentemente nos Estados Unidos.

Huawei tem soluções para ISPs no atendimento rural
Segundo Bruno Zitnick, a empresa tem várias soluções para o agronegócio,incluindo cloud e inteligência artificial.

Plano da Trópico é cobrir o deserto digital brasileiro
Fabricante aposta no uso secundário da frequência de 250 MHz para a oferta de soluções nos rincões do país, onde nenhuma operadora chega.

Bayer aposta em seu próprio hub de inovação em São Paulo
Empresa vai trazer para o país o Lifehub, uma iniciativa global das unidades da multinacional

Grupo Jalles Machado terá Plano Diretor de Tecnologia
Com cobertura quase total em suas duas unidades, a companhia da área sucroalcooleira contratou empresa para fazer um balanço dos ativos de suas soluções tecnológicas

CCAB Agro quer ser a ponte entre produtores e startups
Tendo como acionista as cooperativas agrícolas, empresa acredita que ainda há muitas oportunidades para inovação

Conselheiro da Anatel enxerga dificuldades para mercado secundário
Para Moisés Moreira, da agência reguladora, falta de clareza para apontar qual é o melhor modelo para cada segmento da economia

9h30 | 11h30 – OITAVA LIVE

As novas políticas públicas e de financiamento da Inovação no Campo

Será feita uma avaliação da política e refinanciamento do agro, sancionada pelo Presidente Jair Bolsonaro, em 8 de abril deste ano. Uma avaliação sobre o uso do Fust (Fundo de Universalização das Telecomunicações) para financiar a conectividade rural e as diferentes linhas de crédito existentes.

Convidados

Daniela Martins | Gerente de Relações Institucionais e Governamentais do SindiTelebrasil
Dep. Alceu Moreira | Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA)- (MDB/RS)
Giovana Araújo | Sócia-líder de Agronegócio da KPMG no Brasil
Octaciano Neto | Industry Partner Agronegócio na EloGroup

Moderadora
Tatiana Fiuza | Sócia da consultoria Vlinder Estratégias para Inovação

11h30 | 12h15 – Lives Pitchs de Start Ups
Eduardo da Costa Goerl |
CEO da ARPAC (Baixar apresentação)
José Damico | CEO da Scicrop (Baixar apresentação)
Osmar Bambini | Co-Founder & Head de Inovação da Sintecsys (Baixar apresentação)
Philippe Aymard | CEO da DKRO (Baixar apresentação)


14h15 | 16h – NONA LIVE

A captura dos dados e a inteligência na análise revolucionam o setor

É muito alto o volume de informações gerados no campo por diversos dispositivos, como sensores, drones, eletrônica embarcada, informações de satélites e muitos outros. Para suportar esse número de informações, data lakes estão sendo montados em data centers próprios ou em nuvens, Big Data se encarregam de organizar as informações e o uso de ferramentas como Inteligência Artificial e machine learning entram em cena.

Convidados

Anselmo Arce | Sócio Fundador e Diretor de Relações Institucionais da Solinftec
Fabricio Lira Figueiredo |Gerente de Desenvolvimento de Negócio em Agronegócio Inteligente do CPqD
Marcos Scalabrin|
CDO – Expert em Agro, Digital e Inovação
Pedro Noce | Gerente de Inovação da Raizen

Moderador
Marcos Nascimbem Ferraz | Presidente da AsBraAP – Associação Brasileira de Agricultura de Precisão


CLIPPING DE NOTÍCIAS

Fontes de financiamento para tecnologia no agro podem ser inovadoras
Líder dos ruralistas no Congresso, deputado Alceu Moreira sugere novos modelos, como condomínios com capital aberto para investidores

Startups mostram soluções criativas para o campo no Agrotic
Plataformas permitem reduções de custos na gestão, na aplicação de defensivos, na prevenção de incêndios e, de quebra, relatórios que garantem a obtenção de crédito de carbono

Mercado agro também desconhece a Lei do Bem, diz KPMG
Giovana Araújo, sócia-líder de Agronegócio da consultoria diz que apenas 6% das empresas que poderiam se beneficiar dos incentivos têm conhecimento da regulamentação

Sofisticação das ferramentas de agro exige capacitação e foco para conquistar o produtor
Para especialistas, a digitalização do campo vai exigir uma mudança cultural importante principalmente dos pequenos e médios produtores

9h30 | 11h – DÉCIMA LIVE

A agricultura de precisão na gestão, manejo e monitoramento da lavoura

A tomada de decisões em uma fazenda está cada vez mais assertiva e baseada em dados online que cobrem uma série de atividades, como clima, umidade do solo, condições ideais para irrigação, pulverização e outras informações. Softwares de gestão inteligente e ferramentas de monitoramento já são realidades no campo. As políticas de estímulo e profissionalização dos governos

Convidados
Lucas Marcolin | Gerente de Comercialização Digital Farming BASF
Leonardo A. Angeli Menegatti | Fundador da Inceres
Luciano Loman | Diretor Geral da Metos Brasil


Moderador
Bernhard L. Kiep |Agropecuarista; Executivo e Investidor de várias startups no mundo Agro

11h | 11h45 – Lives Pitchs de Start Ups
Luiz Claudio Lima | CEO da Wolk (Baixar apresentação)
Mariana Vianna |
Diretora de Marketing da FieldPRO (Baixar apresentação)
Renan Salvador | CEO da Trace.Pack (Baixar apresentação)
Ricardo Matiello |
CEO da FarmGO) (Baixar apresentação)


14h15 | 15h45 – DÉCIMA PRIMEIRA LIVE

Previsão Climática: Desafios e Soluções

A influência do clima na agricultura deve ser profundamente estudada a fim de conhecer a particularidade de cada região, as condições de adaptações das plantas e o seu papel na economia da agricultura. A adoção de novas técnicas de medição, e de prevenção a alterações climáticas é fundamental para a produtividade brasileira. Essa Mesa vai tratar o estado da arte das tecnologias e técnicas para a melhoria do acompanhamento das questões climáticas no Brasil.

Convidados

João Castro | Gerente de Produto do Agroclima Pro
Pedro Leite da Silva Dias | Professor do Depto de Ciências Atmosféricas do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas
Silvio Steinmetz | Pesquisador da Embrapa Clima Temperado (Abaixar apresentação)

Moderador
Felipe Pilau | Professor Doutor Departamento de Engenharia de Biossistemas Área de Física e Meteorologia ESALQ – USP

15h45 | 16h Encerramento
Sérgio Barbosa
 | Gerente Executivo da EsalqTec


CLIPPING DE NOTÍCIAS

Brisanet: telecom pode usar 600 MHz em áreas sem radiodifusão
A Brisanet ressalta que apoia a iniciativa da Anatel de destinação da faixa de 600 MHz em caráter secundário para os serviços de telecomunicações.

TIM irá oferecer soluções de agricultura digital em parceria com Agrosmart
Por meio da parceria, a operadora inclui em seu portfólio soluções de agricultura digital para monitoramento da produção agrícola

Soluções fechadas para agricultura 4.0 não terão espaço no futuro
Para Luciano Loman, diretor geral da Metos Brasil, parcerias alimentam esse mercado e ajudam na evolução do setor

InCeres prevê 10 anos para o país começar a massificar a digitalização no agro
Considerada um dos unicórnios entre as startups brasileiras, empresa monitora o solo em 3,5 milhões de hectares distribuídos em 18 estados

Metereologia precisa do INPE ativo e forte, diz Climatempo
Empresa finaliza a atualização de plataforma que prevê o uso de Inteligência Artificial para dar mais assertividade para as previsões.

Startup vê liderança do Brasil na produção de soluções para o campo
No Agrotic 2020, empreendedores mostraram produtos de primeira linha no monitoramento e gestão inteligente das lavouras

COTA GREEN – R$ 60.000,00

– Participação em uma das 10 LIVES que ocorrerão durante os 5 dias de Congresso Digital;


– Logo como Patrocinadora no material de comunicação do evento nos portais Tele.Síntese e Ponto ISP e na News letter distribuída para os assinantes dos dois portais;


– Uma Live Exclusiva, de até 20 minutos, ao longo do Evento sobre o produto/serviço/proposta da empresa ou entidade;


– Uma página de Publieditorial, publicado na HOME do Tele.Síntese por cinco dias e na página interna de Destaques Publieditorial, por prazo indeterminado.


– Banner de 300x250px por 1 mês no portal Tele.Síntese e Ponto ISP;


– Uma página simples de anúncio, formato 21x28cm no Caderno Tele.Síntese Campo Digital. ( o Caderno em formato digital será distribuído para uma relação de endereços eletrônicos diretamente envolvidos com o Agrobusiness Brasileiro.


– Vídeo – A apresentação da Live Exclusiva será convertida em vídeo-apresentação, que ficará na HOME dos portais Tele.Síntese e PONTO ISP por TRÊS dias na seção PUBLIEDITORIAL. Será ainda distribuída ao CANAL Tele.Síntese no YOU TUBE e ficará indeterminadamente nas páginas Internas do PubliEditorial dos portais Tele.Síntese e PONTO ISP;


 

 

COTA GOLD – R$ 40.000,00

– Participação em uma das LIVEs que ocorrerão nos Cinco dias do evento;


– Uma Live Exclusiva, de até 20 minutos, ao longo do Evento sobre o produto/serviço/proposta da empresa ou entidade;


– Logo como Patrocinadora no material de divulgação do evento nos portais Tele.Síntese e Ponto ISP;


– Banner de 300x 250px por 1 mês no portal Tele.Síntese e Ponto ISP;


– Uma página simples de anúncio, formato 21x28cm no Caderno Tele.Síntese Campo Digital. ( o Caderno em formato digital será distribuído para uma relação de endereços eletrônicos diretamente envolvidos com o Agrobusiness Brasileiro.


 

 

COTA SILVER – R$ 30.000,00

– Participação em uma das LIVES que ocorrerão nos Cinco dias do Evento;


– Logo em todo material de divulgação do evento que ficarão nas HOMEs dos portais Tele.Síntese e Ponto ISP;


– Banner de 300x 250px por 1 mês no portal Tele.Síntese;


– Meia Página de anúncio no Caderno Tele.Síntese Campo Digital – formato 21x14cm. ( o Caderno em formato digital será distribuído para uma relação de endereços eletrônicos diretamente envolvidos com o Agrobusiness Brasileiro.


– O Caderno em formato digital será distribuído para uma direcionada relação de endereços eletrônicos diretamente envolvidos com o Agrobusiness Brasileiro. Estarão presentes nessa lista todas as secretarias de agricultura do país, as cooperativas agrícolas, as entidades setoriais, as principais empresas ligadas ao campo e as empresas de tecnologia;


 

 

COTA WHITE – R$ 18.000,00

– Participação em uma das LIVES que ocorrerão nos Cinco dias do Evento;


– Logo em todo material de divulgação do evento que ficarão nas HOMEs dos portais Tele.Síntese e Ponto ISP;


– Banner de 300x 250px por 1 mês no portal Tele.Síntese;

 

Nilo Pasquali

Alceu Moreira

Alexandre Dal Forno

André Fukugauti

Anselmo Arce

Bernhard Kiep

Bruno Henriques

Bruno Zitnick

Cléber Oliveira

Daniela Martins

Diego Silva de Aguiar

Eduardo Goerl

Eduardo Polidoro

Erich Matos Rodrigues

Fábio Henrique Campos Marques

Fabio Salvaia

Fabricio Lira Figueiredo

Felipe Gustavo Pilau 

Giovana Araújo

George Bem

João Castro

Joaci Franklin de Medeiros

José Roberto Nogueira

Joel Soares

Joeval de Oliveira Martins

José Damico

José Paulo Molin

José Rodrigues da Costa Neto

Leonardo A. Angeli Menegatti

Lucas Marcolin

Luciano Jan Loman

Luiz Francisco T. Perrone

Marcos Felipe Scalabrin

Marcos Nascimbem Ferraz

Mariana Vianna

Marilucia Dalfert

Matheus Ferreira

Maurício B. da Silva

Osmar Bambini

Otávio Celidonio

Paulo Cabestré

Prof. Dr. Pedro Leite da Silva Dias

Pedro Noce

Moisés Moreira

Philippe Aymard

Renan Salvador

Renato Bueno

Ricardo Matiello

Sergio Marcus Barbosa

Silvio Steinmetz

Tatiana Fiuza

Tiago Fontes

Uriel Rotta

Valéria Duarte

14 de Setembro

O presente e o futuro do agro serão suportados pelas TICs, diz Mapa
Capacitação de profissionais para o processo de transformação digital no campo preocupa executivos

TIM: conexão no campo tem de ir além da porteira
Para executivo da operadora, crescimento da conectividade rural será baseado nos 700 MHz graças aos ganhos de escala obtidos com oferta de serviço compatível com o celular, e que aplicações em 250 MHz são muito restritas

Para a Vivo, uso do FUST na rede móvel pode acelerar digitalização do campo
Executivo da operadora defende manutenção do FUST e nova destinação. Afirmou ainda que satélites LEO são ainda uma incógnita quanto à viabilidade.

Para a Ericsson, tecnologia terrestre ganha na mobilidade e custo para uso no campo
Falta de mobilidade e custo deixam uso da tecnologia satelital em desvantagem à tecnologia terrestre, avalia Paulo Bernardocki, da Ericsson.

Huawei mostra benefícios do 5G para o campo
“A agricultura de precisão vai ganhar mais ferramentas, que reduzirão custos e aumentarão a produtividade”, diz diretor da fabricante

Médios e pequenos produtores rurais no foco da Claro
Para Eduardo Polidoro, diretor de Negócios de IoT da operadora, as cooperativas têm papel fundamental para a adoção de novas tecnologias pelos pequenos produtores.


15 de Setembro

Geração Z transformará a agricultura digital, diz Coplacana
A geração com menos de 23 anos, nativa digital, já começa a influenciar na implementação de novas tecnologias no agrobusiness, disse Fábio Salvaia, da Coplacana, no AGROTic 2020.

Mais de 60% dos produtores rurais acessam a internet para gestão da propriedade, apura pesquisa
Segundo Joaci Medeiros, da CNA, o país tem no, entanto, 195,7 milhões de hectares – ou equivalente à área de sete países da Europa – totalmente “off line”, ou desconectada.

Vivo já oferece serviços para além da conexão no campo
A operadora acaba de lançar dois produtos para serem usados pelo agricultor nas redes 4G: um para o monitoramento do clima e outro para ser usado em tratores.

Viasat amplia presença no país e chega também ao pequeno agricultor
Com ao lançamento de hoje, 15, a operadora chega a 21 estados e Distrito Federal. Segundo o diretor comercial, Bruno Henriques, de cada 10 clientes que a empresa conquista, nove estão localizados em cidades com menos de 150 mil habitantes.

Banda larga via satélite não sofre com a chuva, como a TV, afirmam especialistas
Debatedores no Agrotic sobre conectividade na zona rural desconstroem a ideia de que esses serviços ficam instáveis durante chuvas.

Lançamento do satélite Star One D2 será em 2021, anuncia a Embratel
Para a gerente Valéria Duarte, novo equipamento vai complementar a cobertura dos serviços para atender os produtores interessados em colocar seus negócios na era digital


16 de Setembro

ISPs podem atender melhor ao agronegócio, defende CEO da Interjato
Erich Rodrigues entende também que as redes neutras podem ampliar a atuação dos provedores regionais

Primeiro passo para a 5G é implantar a 4G no campo, diz Ericsson
Na avaliação de Paulo Bernardocki, diretor de Soluções e Tecnologia para a Ericsson Latam South, a conexão é o primeiro passo para a transformação digital da agropecuária brasileira, seguida pela automação dos métodos de trabalho e novo do modelo de negócios que virá com a 5G.

ConectarAgro: conectividade no campo precisa de espectro em caráter primário
Para a associação, não apenas as máquinas precisam de conectividade para incremento da produção, mas também o uso humano do celular aumenta a eficiência das fazendas

Abrint diz que fatiamento da faixa do WiFi 6E atrasará a conectividade
Basílio Perez afirma que o espectro não licenciado pode ser destinado no futuro para atender necessidades do agronegócio, para serviços outdoor, como ocorreu recentemente nos Estados Unidos.

Huawei tem soluções para ISPs no atendimento rural
Segundo Bruno Zitnick, a empresa tem várias soluções para o agronegócio,incluindo cloud e inteligência artificial.

Plano da Trópico é cobrir o deserto digital brasileiro
Fabricante aposta no uso secundário da frequência de 250 MHz para a oferta de soluções nos rincões do país, onde nenhuma operadora chega.

Bayer aposta em seu próprio hub de inovação em São Paulo
Empresa vai trazer para o país o Lifehub, uma iniciativa global das unidades da multinacional

Grupo Jalles Machado terá Plano Diretor de Tecnologia
Com cobertura quase total em suas duas unidades, a companhia da área sucroalcooleira contratou empresa para fazer um balanço dos ativos de suas soluções tecnológicas

CCAB Agro quer ser a ponte entre produtores e startups
Tendo como acionista as cooperativas agrícolas, empresa acredita que ainda há muitas oportunidades para inovação

Conselheiro da Anatel enxerga dificuldades para mercado secundário
Para Moisés Moreira, da agência reguladora, falta de clareza para apontar qual é o melhor modelo para cada segmento da economia


17 de Setembro

Fontes de financiamento para tecnologia no agro podem ser inovadoras
Líder dos ruralistas no Congresso, deputado Alceu Moreira sugere novos modelos, como condomínios com capital aberto para investidores

Startups mostram soluções criativas para o campo no Agrotic
Plataformas permitem reduções de custos na gestão, na aplicação de defensivos, na prevenção de incêndios e, de quebra, relatórios que garantem a obtenção de crédito de carbono

Mercado agro também desconhece a Lei do Bem, diz KPMG
Giovana Araújo, sócia-líder de Agronegócio da consultoria diz que apenas 6% das empresas que poderiam se beneficiar dos incentivos têm conhecimento da regulamentação

Sofisticação das ferramentas de agro exige capacitação e foco para conquistar o produtor
Para especialistas, a digitalização do campo vai exigir uma mudança cultural importante principalmente dos pequenos e médios produtores

 


18 de Setembro

Brisanet: telecom pode usar 600 MHz em áreas sem radiodifusão
A Brisanet ressalta que apoia a iniciativa da Anatel de destinação da faixa de 600 MHz em caráter secundário para os serviços de telecomunicações.

TIM irá oferecer soluções de agricultura digital em parceria com Agrosmart
Por meio da parceria, a operadora inclui em seu portfólio soluções de agricultura digital para monitoramento da produção agrícola

Soluções fechadas para agricultura 4.0 não terão espaço no futuro
Para Luciano Loman, diretor geral da Metos Brasil, parcerias alimentam esse mercado e ajudam na evolução do setor

InCeres prevê 10 anos para o país começar a massificar a digitalização no agro
Considerada um dos unicórnios entre as startups brasileiras, empresa monitora o solo em 3,5 milhões de hectares distribuídos em 18 estados

Metereologia precisa do INPE ativo e forte, diz Climatempo
Empresa finaliza a atualização de plataforma que prevê o uso de Inteligência Artificial para dar mais assertividade para as previsões.

Startup vê liderança do Brasil na produção de soluções para o campo
No Agrotic 2020, empreendedores mostraram produtos de primeira linha no monitoramento e gestão inteligente das lavouras

COMERCIAL
comercial@momentoeditorial.com.br
(11) 3124-7444