ISPs dão um novo salto na conectividade

O Primeiro INOVAtic –  Congresso promovido pelos portais Tele.Síntese e Ponto ISP de 2022 será dedicado ao mercado da região Sul do país. Irá reunir os mais importantes executivos das principais operadoras da região, os fornecedores de rede neutra e compartilhada de venda de capacidade no atacado, as empresas inovadoras para a oferta de serviços digitais; fornecedores das mais importantes tecnologias; os dirigentes das empresas de processamento de dados estaduais, reguladores e consultores. Juntos, estarão debatendo as ofertas de serviços de qualidade, os movimentos de M&A, as demandas competitivas, as alternativas para a ampliação das redes e ofertas, os serviços para a população.   

 

.

.

 

PROGRAMA

NOTICIAS

Crescimento dos ISPs em 2022 não terá mesmo ritmo de 2020 e 2021, estima OIW
Para Marcio Cachapuz, da OIW, pico do home office passou e macro economia traz desafios como a inflação, o que pode afetar crescimento dos ISPs em 2022

Telefônica avalia tornar neutra sua rede de fibra em SP ao fim da concessão
Segundo Alex Jucius, CMO da Fibrasil, operadora não acrescentou a rede de fibra no estado por conta da insegurança da reversibilidade aos olhos dos investidores

V.tal e Fibrasil: neutralidade é questão de sobrevivência
V.tal e Fibrasil garantem que existência de cliente âncora não afeta requisito de neutralidade de suas redes e que qualquer ISP pode ser cliente âncora em uma região

Para especialistas, ISPs e redes devem agregar produto para incrementar receita
Questão foi abordada no painel de encerramento do Inovatic Sul, nesta terça, 5. Participaram executivos da WDC, Naxi e Quod

Banda larga em fibra cresce 58% na Região Sul em um ano
Estudo da Futurion em parceria com a Momento Editorial estima uma demanda reprimida de 14,02 milhões de acesso até 2026 no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Anatel pode arbitrar cobrança adicional da Enel
Cobrança por instalação de equipamentos é prevista em norma e, recentemente, foi comunicada pela Enel em Fortaleza. ISPs se queixam dos preços elevados

Anatel defende solução pragmática para regularização de postes
Casotti disse que é preciso fazer disso um negócio, caso contrário alguém terá que assinar uma promissória de R$ 20 bilhões, recurso estimado para resolver o passivo

Abrintel quer autorregulação para as redes neutras
Para a Abrintel, as redes neutras devem ser encaradas como infraestrutura, não como serviço, e não devem ter regulação prévia

Recursos do Fust para regularizar postes estão no radar das elétricas
Uso de recursos do Fust para bancar a regularização de postes foi proposto por advogado ligado às elétricas durante o INOVATIC Sul. Setor de telecom não considera viável a ideia.

Padtec defende fomento à produção de equipamentos 5G 100% nacionais
CEO da Padtec, Carlos Raimar, diz que o fomento público ao 5G deveria prever também a produção local e estratégica de componentes de rede

Operadoras regionais estão mais criteriosas na hora de comprar ISPs
As operadoras regionais Vero, Unifique e Brasil Tecpar, e a assessoria Advisia Investimentos, comentam os critérios para comprar ISPs em meio à alta dos preços

Unifique fará pilotos em 5G no 2º semestre
Jair Francisco, diretor da Unifique, diz que negociações com fornecedores 5G estão avançadas e escolha acontecerá ainda nesta metade do ano.

Capilaridade do 5G é um caminho para os ISPs entrarem no jogo
5G tem vários propósitos. Dentre eles, capilaridade muito atrativa. “Acreditamos que a capilaridade do 5G será uma grande proposta de valor que os ISPs irão entregar às operadoras”, afirma Cachapuz

Grupo Ligga foca B2B no 5G e preservação do meio-ambiente na Amazônia
A atuação da Ligga Telecom em SP e na região Norte será ofertando serviços para o mercado corporativo, sem ingressar no varejo com a mobilidade. revelou Wendel Oliveira, diretor presidente do grupo.

Embratel investe em IoT e parcerias para transformação digital
Diretora-executiva da empresa abriu o Inovatic Sul em keynote que tratou da transformação digital no sul do país

“ISPs do Brasil”, fruto da iniciativa 5G, cria fundo de investimento
ISP do Brasil S.A é a nova empresa criada a partir do consórcio “Iniciativa 5G Brasil”, criado para participar do leilão da Anatel. O fundo de investimento reúne a cotização de 300 provedores regionais para sustentar o ingresso no serviço móvel.

O futuro está aí, mas não tem mão de obra qualificada para ele
O problema dominou o debate “A transformação digital dos estados da Região Sul” na manhã desta segunda, 4, no Inovatic Sul.


COMERCIAL
comercial@momentoeditorial.com.br
(11) 3124-7444

Thais Campos
Tel: (011) 4200-0500 ramal 637263
WhatsApp: +1 (786) 832-0825
thais@markt1.biz


EDIÇÕES ANTERIORES