Pular para o conteúdo

Cidades que inspiram. Este é o foco principal do SmartCities Mundi, Congresso virtual criado pelo Tele.Síntese em parceria com o Fórum das Américas para debater as inúmeras soluções tecnológicas que podem tornar as cidades mais humanas, mais seguras, mais integradas.

O Congresso será realizado nos dias 20,21 e 22 de Junho, todo virtual, para alcançar os diferentes Brasis. Tecnologias revolucionárias de conectividade; projetos de parcerias de empresas líderes de tecnologia com diferentes comunidades e seus resultados serão apresentados no evento. Alternativas digitais para segurança pública; as vantagens da iluminação pública inteligente, as melhores soluções para carros elétricos e economia de energia também serão apresentados durante os três dias de evento . Prefeitos, governadores e administradores públicos de cidades que fazem a diferença para seus habitantes contarão as mudanças que já ocorreram.

Bright Green Book
O Congresso será o momento para o relançamento do Bright Green Book 1 , o “ Livro Verde do Século XXI”, que contou com o apoio da ONU Habitat, UNDP, Itamaraty, Governos da Itália, Holanda, Dinamarca e para a apresentação de alguns dos projetos do Bright Green Book 2. A segunda edição será lançada em outubro deste ano e irá trazer 200 casos de inovação de impacto, ESG e de soluções de grandes problemas urbanos do planeta.

As inscrições para o Smart Cities Mundi são gratuitas.

PARTICIPANTES

Previous
Next

VÍDEOS DO EVENTO

PROGRAMA

NOTICIAS DO EVENTO


Iluminação pública é porta de entrada para digitalização das cidades, diz American Tower
Tema tomou um dos painéis do Smart Cities Mundi, nesta quarta, 22. Participantes falaram também sobre baixo custo e facilidades da rede LoraWan

Bright Green Book 2 é anunciado no SmartCities Mundi
Nova edição do livro verde trará 200 casos de inovação de impacto com solução de grandes problemas urbanos do planeta

Dados abertos no Brasil: onde estamos e onde podemos chegar, segundo especialistas
Debate no SmartCities Mundi aborda como a tecnologia pode colaborar com o aprimoramento das políticas de transparência e quais são os obstáculos envolvidos.

Tecnologia e soluções inteligentes unem cidades pequenas e grandes
Belém do Pará e Carmo do Cajuru, em Minas Gerais, são exemplos de como as tecnologias podem desenvolver municípios de todos os tamanhos

Uso do solo precisa de regras, diz especialista em agricultura sustentável
Para Antônio Teixeira, do IBA, regulação é necessária porque produtor rural pode transformar um espaço de terra agricultável em um deserto sem que seja multado, o que impede que futuras gerações usem o solo

Busca por cidades inteligentes levanta debate sobre inclusão digital
Mirando cases de sucesso em cidades inspiradoras, especialistas debateram, no SmartCities Mundi, soluções para superar obstáculos na cobertura da conectividade brasileira.

Empresas discutem caminhos para descarbonizar negócios no Brasil
Em painel do SmartCities Mundi, especialistas compartilharam planos de ampliar a modernização de serviços públicos e privados no país com tecnologia sustentável e IoT.

Living lab: projetos preparam municípios para chegada do 5G
Iniciativa faz parte de convênio entre Parque Tecnológico de São José dos Campos e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial. Dez municípios são beneficiados.

Antenas: Conexis pede agilidade na adequação das legislações municipais às federais
Marcos Ferrari, presidente executivo da entidade, falou sobre o problema para a implantação do 5G durante sua apresentação no SmartCities Mundi, nesta terça, 21

Startups enfrentam desafios para melhoria da gestão de cidades
Dificuldade de contratação pelo poder público, acesso restrito a dados e obstáculos para implantação de nova forma de trabalhar são alguns dos desafios

Escritório de dados e centro de estudos: conheça projetos de cidades inteligentes no Brasil
Gestores estaduais e representantes da iniciativa privada compartilham, no Smart Cities Mundi, planos em curso e desafios para aprimorar soluções IoT na gestão de serviços públicos.

Sucesso de uma smart city depende de administração coesa e experimentação
Alinhamento entre as secretarias e orçamento dedicado são fundamentais para fazer de uma cidade uma smartcity, afirmam representantes de Curitiba, Rio de Janeiro e Guarulhos.

Open 5g @campinas faz chamamento para novas empresas
Paulo Curado, Diretor de Inovação da entidade, diz, no Smart Cities Mundi, que intenção do projeto é atrair, ao mesmo tempo, setor público, empresariado e outros atores de fomento e informação

.

 

COMERCIAL
comercial@momentoeditorial.com.br
(11) 3124-7444

Thais Campos
Tel: (011) 4200-0500 ramal 637263
WhatsApp: +1 (786) 832-0825
thais@markt1.biz

EDIÇÕES ANTERIORES